Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Shi

O adeus à monarquia!

Shi, 05.10.16

republica

 

Fico indignada com as respostas que os portugueses dão aos jornalistas sobre o 5 de outubro. Como é possível não terem noção do que aconteceu à nossa pátria num dos dias mais importantes da história? Talvez tenha sido a única a ter sorte com os professores da disciplina, pois a maioria do que sei ficou gravado desde das aulas do 3ºciclo. Achei pertinente fazer um resumo do período mais controverso do nosso país.

 

A minha rainha predileta é a D.Amélia, uma mulher do povo, lutadora e com uma coragem incrível. Foi a nossa última rainha de Portugal e foi casada com D.Carlos I. Apesar da rainha não ter raízes portuguesas, ganhou ternura e carinho pelo povo português. Segundo Eça, era uma mulher dócil que tudo o que pôde fazer fez, com um amor incomparável pela pátria. Após a implantação da república, só voltou a visitar o país em 1945 por convite de Salazar.

Amélie viu os amores da sua vida morrer nos seus braços, em 1908. Sentindo-se culpada e enganada por João Franco – governou com a permissão do rei e implementou a ditadura e censura de imprensa-  que lhe roubara o chão, não desistiu e fez do seu segundo filho (nada preparado), o último rei de Portugal. Rei pela tragédia, D.Manuel II teve um reinado curto, árduo e foi incapaz de não deixar escapar a monarquia.

 

 

Dia dos Animais

Shi, 04.10.16

a96b58a0-59fd-11e4-bbe8-3dbfd5f8b21c_h_51628966

 

Hoje é dia dos animais e, quem consegue imaginar a vida sem eles?

Todos os dias são dia de ver notícias sobre animais maltratados, lutas e petições para acabar com o sofrimento de cães e gatos, animais em cativeiro e até pedidos de doações para instituições. Eu assino tudo e ajudo sempre que posso. Há certas coisas em que a sociedade não consegue ser racional e deixar o mundo animal evoluir da mesma forma como o nosso. E, quem concorda que o mundo é injusto na forma como trata os animais deve ajudar sempre, da maneira que pode e da forma como consegue. Porque ajudar é a palavra que nos faz acreditar que um dia o mundo animal pode ter direitos. Assim sendo, há coisas que não concordo e outras que nem se quer tolero, deixo-vos alguns exemplos. Relembro-vos que é o meu blog e os textos são de opinião. 

 

 "A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que os seus animais são tratados"
                                                                                                                                                            Gandhi

 

Talhos

O porquê de sermos obrigados a olhar para aqueles porcos e coelhos apenas sem pele numa montra como se de modelos se tratassem? Tantas opiniões que leio sobre o festival na China, onde há cães mortos para consumo pendurados, e depois não se importam de ver os pobres coelhinhos no expositor?

 

Touradas

Durante muitos anos fui espectadora deste tipo de espetáculo e, até ter noção do que se passava, apreciava a coragem e o talento dos que a arena pisavam. Mas sendo realista, são animais criados com o intuito de um dia lutar numa arena. Uma luta injusta pois a força do touro, e a sua natureza, são traídos pela mão humana. Aplaudir um espetáculo de massacre? Nunca mais. Porque, é exatamente isso, um espetáculo onde a crueldade está em cada farpa que atravessa a pele do animal.

 

 

 

Pág. 2/2