Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Shi

Shi

09
Nov16

A propósito das eleições

Shi

Trump-Hillary

 

 

Tenho que confessar que tinha um post preparado para um desfecho completamente diferente. Quando me apercebi da derrota da Hillary questionei-me o que andam esses americanos a tomar? Mas está tudo bem? Eu a pensar que só as votações do Secret Story é que me conseguiam surpreender mas afinal... 

 

O Trump era visto como um candidato frágil, sem qualquer possibilidade de ser levado a sério quanto mais ter um, se não o cargo político mais importante do mundo. Não tem qualquer experiência política e os seus ideiais de como governar um país daquela dimensão estão aquém do que se espera de um líder em pleno século XXI. 

 

"Make America great again"?

Até o slogan é de temer pelo futuro. Este pequeno republicano que nem pouco mais ou menos é carismático, quer modernizar o arsenal nuclear e erguer um muro na fronteira com o México (com o dinheiro dos mexicanos). Como assim? Qual será o futuro do Mundo com uma Alemanha II? Sim, porque basicamente é isto, a diferença é que os EUA são só o país mais poderoso da história e o Trump é um Hitler muito mais 'cara podre'. 

 

Mais assustador ainda é o facto do Trump não querer fazer qualquer alteração a nível educacional no entanto, defende a ideia de que os jovens se deviam acompanhar de uma arma sempre que fossem para a escola. ??? Não consigo compreender quem é que o deixa dizer estes disparates! Já para não falar que ele nem deve ter conhecimento da existência de movimentos feministas e que, graças a grandes mulheres, hoje em dia somos livres e devemos ser tratadas de igual forma. Não defende a liberdade em abortar nem aceita outras etnias ou religiões. É completamente assustador ouvir um homem, supostamente culto, a proclamar aquelas barbaridades que são ouvidas em todos os cantos do mundo. Aliás o pior mesmo é perceber que a maioria do povo americano escolheu-o como líder. 

 

Não é que a luta pelo poder fosse apenas entre estes dois titãs, ainda existiam outros 3 candidatos (Gary Johnson, Jill Stein e Evan McMullin). E, não é que a Hillary fosse a pessoa ideal para o cargo mas somos seres racionais e eu achava, mesmo, que era completamente impossível deixar o futuro do mundo nas mãos do Trump. A Hillary Clinton apelou à paz no mundo (ok que é impossível, mas fica bem) e à luta contra o Estado Islâmico, pretendia restruturar os planos de saúde públicos, aumentar o salário mínimo (atualmente 1256$) e igualar o salário das mulheres ao dos homens. Não esquecendo que, ao contrário do seu adversário, defendia o controlo de venda e posse de armas e protegia os direitos reprodutivos das mulheres. Já para não falar na reforma da imigração e nos objectivos que pretendia alcançar na vida escolar dos americanos.

 

Uma campanha exaustiva, 19 meses, e era evidente que nenhum deles se equiparava ao Obama. Mas daí a passar de cavalo para burro... Resta-nos esperar pelo desenrolar dos próximos episódios mas os Estados Unidos nas mãos de um fascista? Não me parece boa ideia! 

 

 

 

Quanto a todas as sátiras que tenho lido, ouvido e visto têm todas imensa piada massss creio que é um assunto demasiado sério e que muita coisa vai mudar. Eu, sinceramente, estou em modo assustada (só para não dizer em pânico). 

 

2 comentários

Comentar post

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Instagram

Mensagens

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D